Irmã Juliana: A partir do momento que decidirmos segui-lo, Ele sempre estará conosco.

A escolha da Congregação foi como que amor à primeira vista. Conheci várias outras Congregações, mas nenhuma me passou o que a primeira, com a qual tive contato, despertou dentro de mim. Não sou capaz de explicar, mas desde o primeiro momento a Congregação das MSSpS foi a escolhida pelo meu coração. Quem sabe seja porque fui batizada por uma Irmã MSSpS.
Vivo há mais de 6 anos na Congregação e, nesse período, vivenciei muitas experiências profundas, bonitas e também difíceis. Colegas quem vêm e que vão, estudos provocadores, purificação do coração e da alma no convívio na comunidade que sempre nos chama para fora de nós mesmas.

"O melhor lugar do mundo é onde Deus me quer". São José Freinademetz

Irmã Juliana: "A partir do momento que decidirmos segui-lo, Ele sempre estará conosco."

Eu sou Juliana de Andrade, tenho 26 anos, nasci em Cana Verde, pequena cidade de Minas Gerais. Sou a primeira filha do casamento de José Marcos de Andrade e Maria Izabel de Andrade e irmã de Graziano.
Passei boa parte de minha infância na Zona rural. Quando tinha mais ou menos 6 anos de idade meus pais mudaram-se para a cidade para eu poder estudar. Sempre morei em lugares pequenos, na maioria de subsistência agrícola, onde todos se conhecem e onde a comunidade tem uma força muito grande. 

Minha vocação foi construída desde a adolescência de momentos importantes e de experiências profundas de Deus; de um Deus que se relaciona comigo de forma pessoal e comunitária, que me ajudou a construir os valores e os sonhos que trago comigo hoje. 
Minha comunidade sempre foi muito importante para mim, depois de minha família foi o espaço que mais me fez crescer como ser humano e como cristã.
Aos 16 anos, conheci as Irmãs Missionárias Servas do Espírito Santo (MSSpS), por ocasião de uma missão em minha comunidade. Demorei dois anos para ter coragem de falar sobre a inquietação que aos poucos tomava conta de mim. 
Aos dezoito anos falei declaradamente que iria para o convento e iniciei meu acompanhamento. Minha família custou para se acostumar com a idéia. Apesar de participarem da comunidade e de sua fé, para meus pais a dor da separação foi muito grande.

Entrei para a Congregação em janeiro do ano 2000. Alguns anos se passaram até meu pais e minha mãe aceitarem a minha decisão, mesmo assim, meus pais foram muito importantes em minha cminhada. Hoje me acompanham com muito amor e são inspiração de vida para mim.

A vontade de fazer uma experiência fora do Brasil veio justamente do desejo de intensificar esta caminhada. É como se a outra (a comunidade) fosse me mostrar quem sou e, através deste espelho, acredito poder crescer em maturidade. É muito abstrato o que digo e parece muito romântico, mas para mim não é nada disso, na verdade às vezes é duro e solitário... Mas, um chamado exige disposição e coragem para o despojamento da vida, do que se é e do que acha que possui, exige liberdade. E não há nada mais eficiente para amadurecer a liberdade que se confrontar com o diferente.
Estou me preparando para partir no dia 4 de janeiro próximo, para uma experiência de quatro anos fora de meu País e longe das pessoas que amo. O primeiro ano vou dedicar ao aprendizado do inglês e depois irei por três anos para Papua Nova Guiné, numa experiência trans-cultural e pastoral.

Agradeço a Deus e a todas as pessoas que me acompanham, incluindo meus pais, por me fazerem tão amada e tão livre.
Poder fazer essa experiência é uma graça que me faz grata! E digo a todas as pessoas que sentem o mesmo chamado, mesmo que para missões diferentes, o mesmo que ouvi, quando iniciei minha caminhada, de uma Irmã que não vive mais: “ Não tenha medo de ser generosa com Ele.” E digo mais: A partir do momento que decidirmos segui-lo, Ele sempre estará conosco.

Ir. Juliana de Andrade, SSpS

Dezembro /2006

REDES SOCIAIS

Convento Santíssima Trindade

REDES

PASTORAL VOCACIONAL

EVANGELHO

CONHEÇA O VIVAT

Vida Missionária

ESPAÇO ABERTO

ACESSE SEU WEBMAIL

Newsletter

SSpS - Missionárias Servas do Espírito Santo - Província Stella Matutina - Todos os direitos reservados
Rua São Benedito, 2146 - Santo Amaro - São Paulo - SP | Tel. (11) 5687-7229