Missionárias priorizam excluídos

A comunhão com os excluídos e marginalizados e o cuidado com a natureza foram definidos como prioridades para as Missionárias Servas do Espírito Santo, que realizaram sua assembleia no início de dezembro, em sintonia com a orientação da Congregação que, no mundo inteiro, dedicou o ano de 2016 à Comunhão com a Criação e o ano de 2017 aos marginalizados e excluídos.  

Estas duas prioridades foram eleitas para o Projeto Missionário da Província que tem em seu horizonte a perspectiva de responder com “coragem e audácia profética” aos apelos do mundo de hoje, especialmente onde a vida se encontra ameaçada.

Para concretizar suas prioridades, as missionárias se propõem a serem “portadoras de esperança”, a viverem de “maneira mais humana e humanizadora, de acordo com os princípios de uma ecologia integral”, a trabalharem “em parceria com outras pessoas, organizações e movimentos sociais, fortalecendo a articulação em rede e ações públicas, visando a transformação do sistema injusto e excludente”.

A “formação das irmãs, das pessoas que atuam conosco na missão e do público ao qual temos acesso tendo em vista as grandes transformações e novas exigências da vida no mundo contemporâneo” é uma das principais estratégias que pretendem aplicar para uma ação mais efetiva.

A assembleia aconteceu no Convento Santíssima Trindade, em São Paulo, com a participação de mais de 50 irmãs. Cada uma das comunidades apresentou como está realizando a missão e as mudanças ocorridas neste último ano.

Os momentos celebrativos foram muito vivenciais e, além de aprofundar a palavra de Deus, houve momentos de sensibilização sobre as situações da realidade que interpelam a ação missionária das irmãs. 

Assista abaixo o vídeo com o resumo dos 3 dias de Assembleia:

 

 

 

SSpS - Missionárias Servas do Espírito Santo - Província Stella Matutina - Todos os direitos reservados
Rua São Benedito, 2146 - Santo Amaro - São Paulo - SP | Tel. (11) 5687-7229